Ads 468x60px

.

Labels

24 de janeiro de 2012

Bateria do Android: Como fazer durar mais


Quanto mais o smartphone tem funções legais, mais rápido a bateria dele acaba. No caso dos aparelhos com sistema do Google, com seus milhões de apps, diferentes tamanhos de tela e configurações que variam de acordo com cada fabricante, a carga pode durar ainda menos.
No post a seguir, algumas dicas para não desperdiçar energia e aproveitar melhor seu Android.


Conexões controladas
Logo de cara, instale o widget “Controle de Energia”. Ele é a melhor opção para economizar o consumo de carga pelo aparelho. Por meio de um ícone que fica na área de trabalho, o acessório permite calibrar a luminosidade da tela e ativar ou desativar o GPS, a conexão de dados, o Wi-Fi e o Bluetooth. Para ativar esse controle, pressione e segure um ponto vazio da área de trabalho por alguns segundos. No menu que surge, escolha Widgets> Controle de Energia. O mais recomendado é deixar o acessório já na tela inicial do aparelho.

Feche apps na marra
Muitos aplicativos funcionam mesmo quando você não está os usando. Eles tentam buscar atualizações ou rodam escondidos, gastando bateria sem um bom motivo. Além disso, há os apps que não são fechados propriamente e continuam gastar a bateria escondidos. Para resolver isso, instale o  Advanced Task Killer, que lista os processos abertos e fecha os itens que você julgar desnecessários, todos de uma vez.

Remova os apps que gastam energia demais
Se, ao usar o  Advanced Task Killer, você notar que um aplicativo sempre está aberto sem motivo, a melhor opção é remover permanentemente o software.  Antes disso, porém, vale a  pena conferir qual é a taxa de consumo dele. Para tanto, toque em Configurações > Sobre o Telefone > Uso da Bateria. Você verá um gráfico mostrando quanta energia cada aplicativo está gastando. Se o app suspeito realmente estiver gastando demais, remova-o acessando o menu Configurações> Aplicações > Gerenciar Aplicações> Software Desejado> Desinstalar.

Cargas mais frequentes
Tudo que envolve os procedimentos de carga e recarga fica com um tom de lenda urbana. É melhor deixar o celular descarregar completamente? Ficar boa parte do dia com o aparelho ligado ao USB estraga o telefone? O que existe de oficial é: as baterias atuais não sofrem mais com o efeito memória. Você pode carregar e descarregar sem seguir uma ordem específica, completando aos poucos ou de uma vez a carga. Um estudo da Battery University, no entando, diz que é possível ter melhores resultados deixando a bateria sempre com uma carga que varia entre 30% e 80% –o que diminuiria o desgaste entre um ciclo e outro. Quem quiser se aprofundar, pode ler o relatório completo.

3 comentários:

Postar um comentário

 
function signinCallback(authResult) { if (authResult['access_token']) { // Successfully authorized document.getElementById('signinButton').setAttribute('style', 'display: none'); } else if (authResult['error']) { // There was an error. // Possible error codes: // "access_denied" - User denied access to your app // "immediate_failed" - Could not automatially log in the user // console.log('There was an error: ' + authResult['error']); } }